Descobrir como montar uma loja de roupas é uma excelente alternativa para quem deseja empreender.

Afinal, esse é um segmento do mercado que movimenta muito dinheiro. Só para exemplificar, segundo dados de uma pesquisa do FIESP, no ano de 2017, o varejo de roupas movimentou 220 bilhões no país. Com a venda de mais de 6 bilhões de peças.

Além disso, nos últimos anos, esse segmento vem crescendo e as estimativas são de que ele continue crescendo até 2021.

Mas isso não é tudo! Segundo dados de outra pesquisa, o crescimento das vendas de roupas online também é positivo. O que quer dizer que, investir no comércio eletrônico no segmento de roupas também é uma excelente oportunidade de negócio.

Contudo, todo novo negócio exige uma boa dose de planejamento. Afinal, essa é a melhor forma de garantir que você saberá como montar uma loja de roupas de sucesso.

E para te ajudar com isso, listei abaixo alguns passos essenciais para quem deseja empreender nesse setor. Confira!

 

Entenda o passo a passo de como montar uma loja de roupas

Como Montar Uma Loja de RoupasComo todo negócio, montar uma loja de roupas pode ser um desafio para quem nunca fez nada parecido.

Além disso, como você viu acima, esse é um mercado que movimenta muito dinheiro e que, portanto, é altamente lucrativo. Entretanto, é preciso trabalhar muito bem para se destacar da concorrência, que é alta!

Sendo assim, é preciso fazer um bom planejamento estratégico antes mesmo de começar a comprar as peças para o seu estoque.

Mas se você não sabe, ao certo, por onde começar, não se preocupe! Abaixo, você vai descobrir quais são os passos mais importantes para que você não apenas crie sua loja, mas também para que você possa obter sucesso nessa empreitada. Vamos lá?

 

1. Comece definindo seu público-alvo

Em primeiro lugar, é preciso definir quem será seu público-alvo e pensar na segmentação da sua loja.

Portanto, é preciso começar pensando no tamanho do que você quer criar. E também levar em consideração quanto dinheiro você tem disponível para investir atualmente.

Na prática, é possível criar uma loja que englobe vários públicos. Como, por exemplo, vendendo roupas masculinas, femininas e infantis.

Mas isso nem sempre é indicado! Já que, nesse caso, seu investimento precisará ser um pouco maior. Porque você precisará ter estoque para todos esses públicos.

Além disso, você acabará concorrendo com as grandes lojas do mercado. Que já são reconhecidas pelo público e fazem sucesso.

Sendo assim, para quem está começando, convém pensar em fazer uma segmentação mais detalhada e trabalhar com nichos menores.

Você pode, por exemplo, criar uma loja apenas de roupas femininas, masculinas, ou infantis. Ou então, pode optar pelos micro-nichos, como, por exemplo, criar uma loja de roupas:

  • Para mulheres grávidas.
  • Que venda apenas vestidos de festas.
  • Voltada para o público nerd.
  • Que trabalhe apenas com lingeries.Que venda apenas ternos.
  • Voltada para o público feminino plus size.
  • Que venda produtos de moda sustentável.
  • Para a academia e prática de esportes.

Hoje em dia, trabalhar com os micro-nichos é muito comum. Há quem venda apenas leggings para academia, camisetas para o público nerd etc.

Além disso, essa é uma excelente opção porque você terá um público bem segmentado com grandes chances de fidelização.

Só para exemplificar, se você mora numa cidade do interior, onde o estilo de música country faz sucesso, pode ser uma boa opção investir em produtos nesse micro-nicho. Optando por peças em jeans, com estampas xadrez, cintos, botas, chapéus etc.

Portanto, pense e pesquise na sua cidade ou região para encontrar oportunidades de mercado!

 

2. Pesquise a concorrência

Em segundo lugar, é preciso pesquisar a concorrência. Se você encontrar oportunidades de mercado com pouca concorrência, essa é uma ótima ideia!

Contudo, se você perceber que há bastante concorrência, é preciso pensar se há maneiras de se destacar.

Portanto, é importante visitar seus concorrentes, se possível. Sempre com o objetivo de perceber o que eles oferecem e também se há maneiras de oferecer algo melhor.

Seja, por exemplo, em termos das peças escolhidas, do preço dos produtos, da experiência de compra etc.

E aproveite e procure saber quais são os produtos que tem mais saída e que vendem melhor. Pois isso vai te ajudar com o próximo passo.

 

3. Defina o seu mix de produtos

Defina o seu mix de produtosAgora, você já deve ter as informações necessárias para definir o seu mix de produtos. Levando em conta os passos anteriores, como seu público-alvo e também o que seus concorrentes oferecem.

Lembrando que as opções são muito variadas. É possível, trabalhar com camisetas, vestidos, calças, saias e até mesmo calçados ou acessórios.

No entanto, é importante já ter uma ideia do que você vai oferecer, antes do próximo passo.

Por isso, é essencial que você faça uma lista com suas ideias, mas mantenha-se aberto, para encontrar possíveis oportunidades no próximo passo.

 

4. Pesquise fornecedores e escolha seus produtos

Em quarto lugar, você deve começar a pesquisar fornecedores, levando em consideração o seu público.

Hoje, a boa notícia é que muitos fornecedores tem sites e até mesmo lojas virtuais que vendem no atacado.

Na prática, isso quer dizer que você pode pesquisar bem para descobrir onde encontrará qualidade e bom preço. Antes mesmo de precisar sair para comprar.

Contudo, se você vai pesquisar ou mesmo comprar online, preste muita atenção aos depoimentos de quem já comprou.

Afinal, essas pessoas são as mais indicadas para dizer se o produto é de qualidade ou não. O que é muito importante, para você não acabar investindo seu dinheiro de forma errada.

Além disso, tenha em mente que fotos no computador nem sempre são 100% fiéis aos produtos. Pode haver mudança de cor, tamanho, o corte pode não ficar bom no corpo etc.

No caso de ir até os fornecedores, você não terá problemas como esses. No entanto, é preciso ter tempo, para avaliar as melhores opções e escolher as peças com cuidado.

Hoje em dia, outra opção plausível é a importação. Já que, oferecer produtos de grandes marcas estrangeiras também é uma boa alternativa, dependendo do seu público.

E com a internet, tudo fica mais simples! Pois você pode comprar as peças com poucos cliques e receber no seu endereço.

O importante é que você não tenha pressa nesse momento e avalie bem quais são as melhores alternativas levando em consideração o custo-benefício, além de tudo aquilo que você definiu nos passos anteriores.

 

5. Defina a estrutura da sua loja de roupas

Defina a estrutura da sua loja de roupasTambém é essencial começar a pensar na sua estrutura. Seja ela física, ou digital.

Assim, no caso de quem quer criar uma loja física, é preciso analisar as possibilidades de pontos comerciais.

Na teoria, quanto mais movimentado for o local e quanto mais fácil for o acesso à sua loja, maiores serão suas chances de vender.

Aqui, também é interessante pensar de forma estratégica, quanto ao seu público-alvo. Portanto, vale a pena pesquisar por locais que sejam amplamente frequentados pelas pessoas para quem você quer vender.

Ainda nesse ponto, é preciso considerar o valor do ponto comercial. Já que, normalmente, locais no centro da cidade ou shoppings costumam custar muito mais caro.

Por isso, avalie seu orçamento e pense no quanto você vai precisar vender para conseguir pagar todas as contas e ainda assim ter uma boa margem de lucro.

Hoje em dia, outra opção válida é a criação de uma loja virtual. Em primeiro lugar, porque uma loja virtual custa muito menos do que uma loja física.

Já que tudo o que você vai precisar é de uma plataforma para vender online. Que pode ser criada por um profissional da área. Ou mesmo através de uma empresa online, como, por exemplo, a Box Loja, NuvemShop, Shopfy, Wix etc.

Nesse caso, também é importante pensar na parte de logística. Isto é, de como você entregará seus produtos para os seus clientes.

Além disso, mesmo para quem for montar uma loja física, a loja virtual pode ser uma boa alternativa. Já que isso te ajuda a aumentar o alcance da sua loja e te possibilita vender 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Além do fato de que seu público será muito maior, com uma boa campanha de divulgação, que englobe outras regiões, além da sua. Portanto, vale a pena considerar essa opção.

Então, se você quiser saber mais sobre o assunto, leia também este artigo completo que preparei sobre esse tema: Como montar uma loja virtual e aplicar as melhores estratégias.

 

6. Planejamento financeiro

Sem dúvida alguma, o planejamento financeiro é uma das etapas mais importantes de como montar uma loja de roupas.

Então, é preciso ter em mente todos os gastos para começar a montar a sua loja e também para mantê-la funcionando.

Assim, esses gastos envolverão, por exemplo:

  • O seu estoque de produtos.
  • O ponto comercial e as contas relacionadas a isso. Como água, energia, impostos etc. Além do dinheiro gasto com nichos, prateleiras, expositores, manequins e outros móveis. Ou então a plataforma online, no caso de quem quer criar uma loja virtual.
  • Funcionários.

Portanto, é hora de pegar papel e caneta e se organizar muito bem! O ideal é que você tenha ideia do montante inicial e também do montante mensal que será necessário.

E tenha em mente que, nos primeiros meses, o movimento pode não ser tão alto. Portanto, procure investir seu dinheiro com sabedoria.

E, se for preciso, comece apenas com o essencial e tenha em mente que depois você pode ir fazendo as melhorias e alterações necessárias.

Resumindo: planeje seu orçamento de forma que você não precise ficar cheio de dívidas para começar!

 

7. Não se esqueça do controle de estoque

Não se esqueça do controle de estoqueTer um bom controle de estoque, também é um dos passos essenciais para quem deseja montar uma loja de roupas.

Portanto, o ideal é ter um software especializado para isso. Pois isso facilita bastante o processo.

Entretanto, se isso não for possível do ponto de vista financeiro, no momento, isso não quer dizer que o controle de estoque deve ser deixado de lado!

Já que é muito importante que você tenha uma visão clara de quais são seus produtos mais vendidos.

Tanto em relação aos tipos de roupas, como calças, saias ou vestidos. Quanto a outros detalhes, como estampas que vendem bem e até mesmo produtos que vendem de forma sazonal, como, por exemplo, roupas da estação.

Portanto, é essencial que você saiba o que há em seu estoque para fazer as próximas compras e vender bem o ano todo.

 

8. Comece a pensar na sua estratégia de branding

O branding se refere à gestão da sua marca e é essencial para quem quer descobrir como montar uma loja de roupas de sucesso.

Portanto, aqui entram, por exemplo, a definição do nome da sua loja, do seu logo, a definição da sua paleta de cores e até mesmo da linguagem utilizada nas suas estratégias de marketing.

Na verdade, quanto mais o seu público se identificar com a sua marca, maiores serão não só as chances de ele comprar com você. Mas também de você conquistar clientes fiéis, que estão sempre esperando pelos novos produtos e ainda indicam sua loja para os amigos.

Para quem vai criar uma loja física, o branding também importa! É preciso pensar nele na hora de definir a aparência interior e exterior do seu ponto comercial.

Já para quem vai trabalhar com o e-commerce, é interessante pensar no design da loja, nas cores utilizadas no site etc.

Lembre-se que quanto mais você trabalhar o branding, maiores serão suas chances de ter sucesso. Pense nas grandes marcas, todas elas tem uma estratégia de branding que vai muito além de, simplesmente, oferecer um produto! Concorda comigo?

 

9. Não se esqueça da divulgação da sua loja de roupas

A divulgação também é uma das etapas essenciais de como montar uma loja de roupas.

Afinal, mesmo que você tenha um ponto comercial num local estratégico e pessoas sempre entrando na sua loja, o marketing te permite ir muito além! E encontrar pessoas que, de fato, estão interessadas no que você tem a oferecer.

Atualmente, é importante lembrar que vale tanto pensar no marketing tradicional, quanto no marketing digital.

Quanto ao marketing tradicional, é possível utilizar estratégias como a entrega de panfletos, a utilização de outdoors, propagandas em jornais, revistas, rádio e televisão da sua cidade etc.

Já quanto ao marketing digital, as opções também são bastante variadas. Como a utilização dos links patrocinados e também o marketing de redes sociais.

Aliás, se você quiser saber mais sobre o assunto, leia também este artigo: O que é marketing digital e quais são as melhores estratégias.

Lembrando que o Instagram é uma excelente opção atualmente. Visto que ele é voltado, justamente, à divulgação de fotos, o que é excelente para quem tem uma loja de roupas.

Contudo, na hora de fazer marketing é preciso utilizar bem sua estratégia de branding, como citei acima. Para que, dessa forma, você escolha as estratégias que vão te ajudar a trazer o público certo para sua loja.

 

10. Ofereça uma experiência diferenciada

Ofereça uma experiência diferenciadaO atendimento dos seus clientes também é algo que conta muito na hora de montar uma loja de roupas de sucesso.

Aliás, a maneira como seus clientes em potencial se sentem quando entram na sua loja, faz toda a diferença!

Portanto, aqui voltamos ao conceito de branding. E ressalto que, quanto mais seu cliente se sentir a vontade na hora da compra, maiores serão as chances de venda.

Então, vale a pena contratar vendedores com os quais o seu público se identifique. Por exemplo, se você tem uma loja de moda voltada para o público jovem, é interessante contratar vendedores jovens.

Além disso, a comunicação, a linguagem utilizada, as estratégias de vendas também devem ser adequadas ao seu público. Por isso, é importante definir tudo isso e treinar bem os seus vendedores.

 

11. A fidelização de clientes é o caminho do sucesso!

Como eu já disse acima, a concorrência no segmento de moda é um dos mais altos do mercado. Portanto, uma excelente forma de lidar com isso é, justamente, buscar a fidelização dos seus clientes.

Para isso, há várias estratégias que você pode utilizar. Como, por exemplo, a criação de um programa de fidelidade, o oferecimento de brindes ou até mesmo a utilização do e-mail marketing.

Já que, com estratégias como essas, você acaba ganhando muito dinheiro com vendas para clientes recorrentes.

 

Agora, você já sabe como montar uma loja de roupas!

Nesse artigo, você conferiu o passo a passo de como montar sua loja de roupas.

Seguindo esses passos, você terá muito mais confiança na hora de transformar seu sonho em realidade! Além disso, terá muito mais chances de sucesso do que teria se começasse sem se planejar.

Para finalizar esse artigo, queria falar sobre algo importante. Embora o planejamento seja essencial, todo empreendedor precisa ter um pouco de jogo de cintura.

Pois é só na prática do seu negócio que você vai poder perceber oportunidades, ou até mesmo detalhes que precisam ser corrigidos.

Por isso, tenha sempre em mente que o sucesso no empreendedorismo nasce do equilíbrio entre um bom planejamento e a capacidade de estar sempre melhorando!

Espero que esse conteúdo possa ter te ajudado! E, se ajudou, deixe seu comentário abaixo me contando sobre sua experiência no mundo do empreendedorismo!

Sobre o Autor

error: Conteúdo protegido !!