Você quer descobrir como criar um blog e começar a ganhar dinheiro online? Então, saiba que este artigo foi escrito, especialmente, para te ajudar. 

Atualmente, essa é uma opção bastante lucrativa para quem deseja conquistar uma renda extra através da internet ou até a viver disso.

Além disso, o blog ainda é considerado a melhor estratégia de marketing digital a longo prazo. 

Visto que, com ele, você pode não apenas gerar renda nos próximos meses, mas também durante anos.

Não é a toa que essa é a alternativa encontrada por muitos brasileiros para fugir da crise econômica! 

Mas se você não sabe, ao certo, por onde começar, não se preocupe! Abaixo, você vai ver todo o passo a passo de como criar o seu blog e começar a ganhar dinheiro. Confira! 

 

Entenda o passo a passo de como criar um blog e começar a ganhar dinheiro 

Como criar um blog e começar a ganhar dinheiroAntes de tudo, preciso te explicar que para ganhar dinheiro com blog é preciso criar um blog profissional. 

Na prática, isso quer dizer que criar um blog gratuito, em plataformas como o Wix, Uol, Wordpress ou Blogger não é uma boa opção. 

Primeiro porque você não tem total autonomia nessas plataformas e além disso, os recursos que elas oferecem são bem limitados. 

E ainda, um blog gratuito não te permite ranquear seus artigos no Google, o que é essencial para quem quer ganhar dinheiro com blog. 

Por último, ter um site profissional passa muito mais credibilidade para quem chega até ele. E, para ganhar dinheiro online a credibilidade conta e, muito! 

Apesar disso, não se preocupe, você não vai precisar gastar muito. É possível começar gastando menos de R$500, dependendo das ferramentas que você escolher.  

Dito isso, vamos lá! Confira abaixo o passo a passo de como criar um blog e começar a ganhar dinheiro. 

 

1. Comece escolhendo o seu nicho de mercado 

Um nicho de mercado, na prática, corresponde a um grupo de pessoas com algo em comum.  

Como, por exemplo, o interesse por moda, a vontade de transformar a paixão pela culinária em fonte de renda, o desejo de emagrecer, o sonho de passar num concurso público etc. 

Na prática, depois que seu blog estiver pronto, a ideia é atrair visitantes até ele, por meio do conteúdo e então, vender produtos relacionados a esse nicho para esses visitantes. 

Hoje, essa é a melhor forma de ganhar dinheiro com um blog. Visto que você oferece às pessoas algo que já sabe que elas estão interessadas. 

Para exemplificar, se você quer vender produtos de decoração, pode atrair as pessoas com artigos nesse nicho. Você pode, por exemplo, falar sobre como combinar as cores, sobre como organizar o ambiente etc. 

Nesse caso, você tem mais chances de vender, pois já sabe que quem chegou até o seu site está interessado em seu nicho. E, portanto, essa pessoa poderá no futuro, comprar aquilo que você vende. 

Sendo assim, essa é a primeira coisa que você precisa fazer: escolher o seu nicho de mercado

A boa notícia é que, atualmente, há pessoas ganhando dinheiro em praticamente todos os nichos. Como decoração, emagrecimento, beleza, moda, marketing, engenharia, psicologia, jardinagem e por aí vai. 

Por isso, você pode escolher algo que goste de fazer ou que já tenha algum conhecimento.  

Outra opção é escolher um nicho de mercado que já seja lucrativo. Como, por exemplo, o nicho de ganhar dinheiro, de emagrecimento, de beleza, de relacionamentos amorosos etc. 

 

2. Escolha o seu domínio 

Escolha o seu domínio O domínio do blog, nada mais é do que o “nome” do blog. Ou seja, é aquilo que fica na barra de endereço do navegador. O meu, por exemplo, é “maisempreendedores.com”. 

Na hora de escolher o seu domínio, também há vários fatores que é preciso considerar. 

Em primeiro lugar, é preciso pensar no nicho em que você irá trabalhar. O ideal é que seu domínio esteja relacionado com ele. Nesse caso, você pode escolher uma palavra-chave importante em seu nicho. 

Dessa forma, quando as pessoas chegam até o blog, fica claro para elas que tipo de conteúdo elas poderão encontrar. 

Em segundo lugar, seu domínio deve ser algo simples. Portanto, o ideal é utilizar poucas palavras, não utilizar palavras de língua estrangeira e não utilizar números. Isso tudo tem o objetivo de criar um domínio que seja fácil de lembrar.  

Outra opção bastante comum é utilizar o seu próprio nome, quando seu negócio está relacionado à sua imagem pessoal. O que é uma boa estratégia para quem trabalha com o conceito de autoridade. 

A terceira opção é utilizar o nome da sua marca, caso você tenha. Isso ajuda bastante se você já tem certo reconhecimento no mercado. Visto que as pessoas perceberão que se trata do blog da sua marca. 

Por último, na hora de escolher o domínio também é preciso pensar na extensão que você utilizará. 

Atualmente, algumas extensões comuns são: “.com.br”, “.com”, “.net”, “.org” etc. O mais indicado é utilizar o “.com” e o “.com.br”. 

Justamente, porque eles são os mais utilizados e, assim, também fica mais fácil das pessoas se lembrarem do domínio quando estiverem procurando o seu blog. 

O seu domínio nacional pode ser comprado no registro.br ou então no próprio sistema de hospedagem, que, muitas vezes oferece o domínio gratuito. 

 

3. Escolha um sistema de hospedagem 

O próximo passo é escolher o seu sistema de hospedagem. Como o próprio nome sugere, ela é a empresa que “acomoda” seu blog na internet.  

Sendo assim, ela é responsável por guardar todos os dados do blog e mantê-lo no ar 24 horas por dia. 

Hoje, existem muitas empresas de hospedagem disponíveis. Aqui no Brasil, algumas populares são: a Hostgator, a GoDaddy, KingHost, a LocaWeb e a Hostinger.

Na hora de escolher a hospedagem certa para você é preciso levar alguns fatores em consideração. 

Como, por exemplo, o armazenamento disponível, a velocidade de carregamento, o volume de acessos ao site, o número de contas de e-mail que você poderá criar etc. 

Por isso, é importante que você tenha uma ideia do que vai fazer e do tamanho do seu projeto. 

Isso é importante, por exemplo, porque como eu disse acima, há um número limitado de acessos que a hospedagem permite, uma quantidade de armazenamento limitado etc.  

Então, se a ideia é criar algo grande, é importante escolher uma empresa que te ofereça o necessário para que seu site funcione bem. 

Tendo isso em mente, escolher a empresa de hospedagem certa para o seu projeto será mais fácil. 

Além disso, veja os benefícios adicionais que as empresas de hospedagem oferecem. Algumas oferecem o domínio grátis no primeiro ano, outras podem oferecer suporte apenas em Inglês etc. Portanto, avalie as opções com calma! 

 

4. Escolha o seu CMS para criar um blog

Escolha o seu CMS para criar um blogO quarto passo de como criar um blog e começar a ganhar dinheiro é escolher o seu CMS. Que é a sigla para “Content Management System” e pode ser traduzido como sistema de gerenciamento de conteúdo. 

O CMS é a ferramenta que permite que você crie, edite e publique conteúdos no blog de forma simples, sem precisar entender de programação. 

Hoje, existem diversos CMS no mercado, como o Joomla! e o Drupal, entretanto, a melhor opção é o Wordpress. 

Visto que ele é um CMS gratuito e bem simples de usar. Além disso, ele é o CMS mais utilizado no mundo todo. 

Mas há também outro detalhe importante! O Wordpress, hoje, conta com milhares de plug-ins que vão facilitar e otimizar o seu trabalho com o blog. E, muitos deles são gratuitos.  

Por tudo isso, sem dúvida alguma, essa é a melhor opção! 

Entretanto, aqui há uma distinção importante que é preciso fazer. Existe o “Worpress.com” e o “WordPress.org”. 

O WordPress.com funciona como o Wix e outras plataformas. Nas quais você até pode criar um site gratuito, mas ele ficaria com “wordpress” no final do domínio. O que não é bom, como eu já disse acima! 

Já no caso do WordPress.org, normalmente ele pode ser instalado facilmente através do seu programa de hospedagem. 

Visto que atualmente, boa parte das hospedagens possui uma funcionalidade chamada “one click install” que permitem que tudo seja feito rapidamente e de forma simples, com apenas 1 clique. 

 

5. Escolha um template profissional 

O quinto passo de como criar um blog é escolher o seu template, que também é conhecido como tema. 

Como a ideia é monetizar o blog, é importante ter um tema profissional. Visto que ele passará mais credibilidade para seus visitantes. 

Na verdade, o template nada mais é do que uma ferramenta que te permite editar o design e deixar a aparência do seu site mais atrativa. 

E tenha certeza de que isso é importante. Já que o design é a primeira coisa que as pessoas prestam atenção ao entrar num blog. 

Por isso, escolha um template bonito, que carregue rapidamente e que seja responsivo. Isto é, que se adapte à tela do dispositivo em que está sendo usado. Isso também é muito importante, já que muita gente acessa a internet através dos smartphones hoje em dia. 

Outro fator importante é escolher um tema que seja focado em conversão. Ou seja, que te ajude a vender mais. 

Um design focado em conversão possui alguns detalhes importantes. Como, por exemplo, a facilidade de navegação. Isto é, o leitor deve conseguir encontrar tudo o que precisa facilmente durante a navegação. 

Além disso, é comum oferecermos a isca digital no topo do blog e na barra lateral. Visto que isso te ajuda a começar a criar sua lista de e-mails e encaminhar os visitantes para o funil de vendas. 

Para quem trabalha com o conceito de autoridade e usa a imagem pessoal, também é interessante adicionar um campo contando um pouco sobre você. Porque isso também ajuda a gerar mais credibilidade. 

Para adquirir um template igual ao que utilizo neste blog, você pode acessar a página do tema pela minha indicação através deste link.

E não se esqueça de editar o design no site, usando cores, fontes e um estilo adequado à sua persona. 

 

6. Defina a forma de monetização 

Defina a forma de monetização O próximo passo é definir como você vai monetizar o seu blog. Ou seja, definir como você vai transformá-lo numa fonte de renda. 

Num outro artigo aqui do blog, eu já falei um pouco sobre algumas formas de monetização. Por isso, se quiser saber mais, leia também este artigo: 

Como ganhar dinheiro com blog pelas formas mais lucrativas. 

Entretanto, vou citar abaixo, alguns dos exemplos mais comuns. Você pode, por exemplo, ganhar dinheiro como afiliado, tanto de produtos digitais, quanto físicos.  

Através de programas como a Hotmart, Monetizze, Eduzz, Lomadee, Amazon etc.

Além disso, você também pode ganhar dinheiro com o Google Adsense.

Outra opção bastante comum é utilizar o blog para vender produtos próprios. Sejam eles infoprodutos, como e-books, cursos online, materiais em áudio etc.  

Ou produtos físicos, sendo que essa é uma boa opção tanto para quem tem uma empresa que produz em grande escala, quanto para quem trabalha sozinho, com uma produção pequena, com artesanato, cosméticos naturais, alimentos etc. 

Usar o blog como plataforma para oferecer serviços também é uma boa opção. Isso vale para serviços de marketing, criação de sites, design, coaching etc. 

Por último, depois que você tiver bastante experiência no assunto e tiver conquistado bons resultados, uma opção lucrativa é oferecer consultoria para empresas ou outros blogueiros que queiram fazer o mesmo. 

Hoje, isso é muito comum e é uma área extremamente promissora. Portanto, é uma opção a se considerar. 

Na hora de escolher, avalie as opções e defina aquela ou aquelas que são melhores para você. Hoje, todas essas alternativas podem se tornar bastante lucrativas! 

 

7. Criação de conteúdo ao criar um blog

Sem dúvida alguma, um dos passos mais importantes de como criar um blog e começar a ganhar dinheiro é a criação de conteúdo. 

Por isso, o seu conteúdo deve ser sempre criado pensando em como atrair as pessoas certas. Ou seja, pessoas inseridas em seu nicho, que possam se tornar clientes no futuro. 

Isso envolve, desde a busca de palavras-chaves e temas adequados, até o conteúdo e a linguagem utilizada.  

Sendo assim, é preciso ter sua persona bem definida, antes mesmo de começar a criar o conteúdo. 

Esse conteúdo, portanto, pode ser criado com base em problemas ou dúvidas comuns dessa persona. 

Visto que o objetivo é sempre de ajudá-la, com informações e dicas. Pois é assim que você vai ganhando a confiança dessas pessoas. 

Além disso, seu conteúdo deve ser agradável de ler. E mesmo quando o assunto é complexo, o ideal é escrever de forma que mesmo um total iniciante consiga entender o que você está falando. 

Se você já tem conhecimento e experiência no nicho que trabalha, isso não será um grande problema. 

Contudo, se você optou por um nicho em que ainda não tem muito conhecimento, é preciso pesquisar para ter ideias de conteúdo. 

Para isso, você pode pesquisar em fóruns online, olhar o Google Trends ou as redes sociais. Além disso, uma boa opção é pesquisar nos blogs concorrentes. No tópico abaixo vou te ensinar uma forma simples e gratuita de fazer isso. 

 

8. Como encontrar os melhores temas e palavras-chaves para seus artigos 

Como encontrar os melhores temas e palavras-chaves para seus artigos Além de tudo isso que citei acima, na hora de produzir seu conteúdo, também é preciso pensar em termos de SEO.  

Visto que, em conjunto com as redes sociais, o SEO é um dos principais responsáveis por gerar tráfego orgânico, ou seja, tráfego que você não precisa pagar para obter. 

Não vou entrar em muitos detalhes sobre o SEO aqui, mesmo porque já tenho outro artigo no blog no qual explico tudo com detalhes. Que você pode ler clicando abaixo:

O que é SEO e qual a importância para o seu site

Dito isso, vamos em frente. Acima, eu te disse que te ensinaria uma estratégia simples para ter ideias de conteúdo. 

Mas, na verdade, essa estratégia vai fazer mais do que isso pelo seu blog. Antigamente, ela era utilizada apenas por aquelas pessoas que pagavam uma boa ferramenta de SEO. 

Contudo, o Ubersuggest, revolucionou o mercado oferecendo isso de forma gratuita e bem simples. 

A ideia é descobrir quais são as palavras-chave e, consequentemente, os temas que seus principais concorrentes estão ranqueando no Google. 

Para isso, você deve encontrar alguns blogs que oferecem algo parecido com o que você pretende oferecer em termos de conteúdo. 

Aí, então, basta entrar no Ubersuggest. Na página aberta, você vai digitar ou colar o endereço do site de um concorrente. 

A mágica acontece! Você terá acesso a uma lista com as palavras-chave ranqueadas por esse site. Mais do que isso, você terá também acesso ao número de buscas mensais e a dificuldade de ranquear cada uma dessas palavras-chave. 

Assim, em poucos segundos você conta com uma lista de possíveis temas e palavras-chave para utilizar em seu blog. 

Lembre-se que a ideia é sempre encontrar termos que tenham o maior volume de busca, combinado com a menor dificuldade de ranqueamento. 

 

9. Foque na experiência do usuário 

Ainda falando um pouco sobre SEO, quero te explicar que essa é uma estratégia de longo prazo. 

Por isso, se você quer faturar alto com seu blog, entenda que precisará de tempo para isso. 

Muitas pessoas imaginam que o retorno será imediato, mas não funciona assim! Como consequência, muita gente acaba desistindo antes mesmo de ter os primeiros resultados. 

Portanto, tenha em mente que, geralmente, pode levar uns 6 meses de trabalho regular, para que você comece a ganhar dinheiro de verdade. E quando eu digo trabalho regular, estou falando sobre a postagem de, pelo menos, um artigo por semana. 

É claro, isso é apenas uma estimativa e você pode demorar mais ou menos do que isso. 

Contudo, quero te dizer algo muito importante. Para ganhar dinheiro com um blog é preciso estar focado na experiência do usuário. 

Hoje, existem mais de 200 fatores de ranqueamento usados pelo bot do Google para definir quem ganha cada posição para cada palavra-chave. 

Entretanto, a cada atualização do algoritmo, mais ele se torna eficaz em “medir” a experiência do usuário. 

Isso quer dizer que, na prática, seus artigos precisam ser úteis, como eu já disse acima. 

Porque quando você cria um artigo útil, isso influencia em vários fatores de ranqueamento. O tempo de permanência na página e no site, por exemplo, são dois deles. 

Quando há muitos usuários ficando poucos segundos no seu site, o que é chamado de “taxa de rejeição”, você perde posições. 

Outro fator importante é a linkagem interna. A ideia é linkar artigos com outros, que também possam interessar o leitor. 

Por último, os links externos também contam muito. Visto que, sempre que alguém menciona seu site, seja em outro blog, ou nas redes sociais, o Google entende que aquele conteúdo é útil. E, assim, você acaba subindo posições no ranqueamento.  

 

10. O e-mail marketing é um dos segredos para faturar alto! 

O e-mail marketing é um dos segredos para faturar alto! Por último, quero falar do e-mail marketing, que é, comprovadamente, a melhor forma de conversão atualmente. 

Portanto, você vai precisar capturar o e-mail dos visitantes do blog e transformá-los em leads. 

Para isso, você pode colocar formulários de captura no site. E pode também oferecer uma isca digital. Isto é, um conteúdo de valor para download. 

Entretanto, para ter acesso a esse material, as pessoas precisam deixar o endereço de e-mail. Assim, você vai construindo sua lista. 

Depois disso, você deve contatar os seus leads regularmente. Sempre oferecendo conteúdo útil. Seja esse conteúdo exclusivo ou para informar sobre os novos artigos no blog. 

Além disso, eventualmente, você deve criar campanhas com ofertas dos produtos que vende. 

O conteúdo dessas campanhas vai depender da forma que você monetiza o blog.

Uma campanha de produtos físicos, como quadros decorativos, por exemplo, é bem diferente de uma campanha que vende um curso online. 

Portanto, pense em qual a melhor forma possível de oferecer aquilo que você vende através do e-mail. 

Além disso, faça vários testes A/B para descobrir como aumentar as conversões. Você pode, por exemplo, testar qual o melhor dia e horário para enviar os e-mails, se vai utilizar apenas texto ou inserir imagens no e-mail, a quantidade de texto nos e-mails etc. 

Tudo isso te ajuda a descobrir como aumentar suas vendas. E aqui preciso dizer que não existe receita de bolo! O que funciona melhor para determinado nicho e persona, nem sempre funciona para outro. 

 

Agora você já sabe como criar um blog e começar a ganhar dinheiro online! 

Nesse artigo você descobriu o passo a passo de como criar um blog e começar a ganhar dinheiro na internet. 

E se você pretende trabalhar dessa forma, tenha certeza de que um blog tem alto potencial lucrativo. Entretanto, como eu disse acima, é preciso trabalhar de forma consistente e nunca desistir! 

Saiba que estou torcendo por você! 

E se você gostou desse conteúdo, cadastre-se seu e-mail abaixo para receber conteúdo com prioridade. Assim, você continua aprendendo mais sobre como criar um negócio online. 

Sobre o Autor

Samuel Silva
Samuel Silva

Vive do empreendedorismo digital e quer ajudar você e o maior número de pessoas a também se tornarem Mais Empreendedores.

    error: Conteúdo protegido !!