Como parar de procrastinar e ser definitivamente mais produtivo

Procrastinar é uma das piores coisas que qualquer profissional ou empreendedor pode fazer.

Isso porque, a curto prazo, aqueles minutos gastos diariamente nas redes sociais parecem te fazer perder pouco tempo, não é mesmo? 

O problema é que, a longo prazo, a procrastinação atrasa a conquista dos seus sonhos e objetivos. 

Quando você deixa para depois uma tarefa importante para o seu negócio, você está adiando seus resultados! Ou então, se você tem um emprego formal, quanto mais você procrastina, mais e mais longe você fica de construir uma carreira de sucesso!  

Já parou para pensar nisso? 

Por tudo isso, evitar a procrastinação, hoje, é uma obrigação de qualquer pessoa que deseje alcançar o sucesso! 

E se você quer saber as melhores dicas para evitar esse mal, saiba que esse  artigo foi produzido, pensando em você. Confira! 

 

Procrastinar? O que é isso? 

Como parar de procrastinar e ser definitivamente mais produtivo

Podemos definir a procrastinação como o ato de adiar ou deixar para depois as nossas tarefas diárias. Aquelas tarefas necessárias em nosso trabalho, nossos estudos e até mesmo para conquistar nossos objetivos e sonhos. 

Diferente do que muita gente imagina, não procrastinamos apenas quando estamos nas redes sociais, assistindo séries etc. 

A procrastinação consiste em fazer qualquer coisa desnecessária naquele momento, em que algo importante deveria estar sendo feito. 

Como, por exemplo, arrumar a nossa mesa de trabalho, checar os e-mails, organizar as tarefas do dia seguinte… 

Todas essas tarefas são necessárias. No entanto, o problema está em realizá-las no momento errado, que deveria ser dedicado a algo mais importante. 

 

7 dicas de como parar de procrastinar e 1 dica bônus de como usar a procrastinação da forma certa! 

Agora que você já entendeu o que é a procrastinação, veja abaixo algumas dicas infalíveis de como parar de procrastinar. 

 

1. Tenha uma lista do que não fazer

Tenha uma lista do que não fazer 

Todos nós já ouvimos falar das listas de tarefas, certo? Aquelas listas das coisas que temos que fazer. 

Agora, quero te falar da importância de se ter uma lista do que não fazer! É isso mesmo! 

Tome nota das coisas que não se encaixam bem em sua vida, em outras palavras, anote sua lista de atividades que desperdiçam seu tempo, com a quantidade aproximada de tempo que você gasta em cada uma delas, todos os dias.  

Por exemplo:  

  • Navegar no Facebook: 30 minutos 
  • Verificar meu e-mail 10 vezes ao dia: 20 minutos 
  • Assistir vídeos do YouTube ou programas de TV: 2 horas 
  • Ler fofocas de celebridades: 30 minutos 
  • Ler sites de esportes: 20 minutos 

Depois de listar todas as atividades que não acrescentam nada em seu trabalho, pense nelas como um desperdício de tempo. 

Em seguida, calcule a quantidade total de tempo que você perde nessas coisas. Só o fato de ter consciência de quanto tempo você gasta com isso, já vai te ajudar a deixar de procrastinar. 

Mas se quiser ir um pouco além, faça as contas de quanto tempo você procrastina por semana, por mês e por ano! Pense em tudo o que você poderia fazer nesse tempo… 

Você poderia ler mais? Praticar exercícios algumas vezes por semana? Tirar algum plano do papel? Começar um hobby que você sempre quis, mas nunca achou que tinha tempo para ele? 

Como você pode perceber, há algumas coisas na sua vida que você deseja conquistar e a procrastinação não está deixando, não é mesmo? 

Daqui para frente, mantenha sua lista do que não fazer sempre por perto. Principalmente, quando você estiver trabalhando ou estudando.  

Toda vez que você olhar para ela e perceber que está procrastinando, você vai se lembrar de que está perdendo mais do que apenas tempo. E isso, sem dúvidas, vai te ajudar a parar de procrastinar. 

 

2. Evite listas grandes de tarefas 

Evite listas grandes de tarefas 

Imagine o seguinte: você começa a segunda-feira animado e certo de que aquela semana vai ser diferente. De que você vai fazer tudo o que deseja! 

Daí, então, você olha para sua lista de tarefas e lá você encontra 20 ou 30 itens para realizar só na segunda. Como você se sente? 

Deixe-me explicar: fazer uma longa lista de tarefas pode desencorajá-lo de realizá-las.  

Para lidar com isso, escreva todas as manhãs, as três coisas principais que você fará naquele dia para se aproximar de seu principal objetivo. Quando você escreve apenas 3 coisas, tudo parece mais fácil e você se sente muito mais motivado! 

É uma coisa psicológica: você terá uma vida muito mais produtiva se definir três metas claras por dia e cumpri-las, de fato.  

No caso do seu trabalho, você pode estabelecer 3 metas para a manhã, e 3 metas para a tarde.  

Se você tem tarefas pequenas, mas em grande quantidade, tente dividir em duas partes, e fazer a primeira antes de tirar um intervalo para si. 

 

3. Troque a maratona pelo sprint 

Troque a maratona pelo sprint

Essa dica é complementar à dica acima. A ideia é aumentar a motivação e diminuir o desânimo de ter que enfrentar uma longa jornada pela frente. 

No livro The Power of Full Engagement, os autores explicam que a maioria das pessoas passa a vida toda tentando correr uma maratona. Essas pessoas acreditam que trabalhar 8, 10 ou 12 horas por dia, sem parar, vai levá-las ao sucesso. 

No entanto, a verdade é que nossa mente e nosso corpo não aguentam passar todo esse tempo fazendo a mesma coisa. 

Essas pessoas, na verdade, apenas pensam que estão sendo produtivas por 8 horas, mas a verdade é outra. De tempos em tempos, elas se distraem com as redes sociais, com os e-mails, um telefonema, alguém que interrompe o ciclo de trabalho… 

Para os autores do livro o segredo do sucesso é esquecer a maratona e focar nos sprints. Aquelas corridas de longa distância, em que o corredor usa toda a sua energia e todo o seu foco para atingir o objetivo desejado. 

Na prática, podemos aplicar o conceito dividindo nosso trabalho em blocos. A ideia é a mesma da técnica pomodoro. 

Você separa um bloco de 25 minutos, 50 minutos, 1 ou 2 horas e trabalha 100% focado naqueles minutos. Depois disso, você faz uma pausa para descansar. 

Nessas pausas, o ideal é fazer algo completamente diferente do seu trabalho. Como se alongar, olhar as redes sociais, brincar com o cachorro, fazer uma breve caminhada, meditar etc. 

O que acontece quando você troca a maratona pelo sprint é bem interessante! Como você está 100% focado, você não tem tempo para procrastinar, como consequência, sua produtividade aumenta. 

Mas isso não é tudo, a qualidade do trabalho que você desenvolve também aumenta. Justamente, pelo fato de você dedicar toda a sua atenção para o seu trabalho naquele momento. 

E depois das pausas, você estará descansado e pronto para o próximo sprint! Dentro de alguns meses, tenha certeza de que você vai conquistar muito mais do que já conquistou até aqui em seu trabalho e em sua vida. 

 

4. Recompense a si mesmo quando se aproxima de seus objetivos 

Recompense a si mesmo quando se aproxima de seus objetivos 

Nós tendemos a fazer mais quando estamos motivados, quando vemos uma recompensa imediata.  

Portanto, em seu trabalho intenso, faça uma pausa para se recompensar com uma sobremesa saborosa (mas saudável), ouvir a sua música favorita, navegar no seu site favorito ou inventar para si outro tipo de recompensa. 

Mas faça isso dentro de um prazo estabelecido por si mesmo. Por exemplo: “Assim que eu tiver terminado 80% do projeto, vou fazer uma pausa para comer aquela sobremesa que está na geladeira.” 

É uma maneira simples e útil de “enganar” seu cérebro, que para conseguir a recompensa, vai conseguir ficar mais focado na tarefa a ser realizada. 

 

5. Divida seu grande objetivo em tarefas menores 

Divida seu grande objetivo em tarefas menores

Muitas vezes, nossos objetivos parecem tão grandes que se tornam assustadores. Nos sentimos inseguros, estressados, ansiosos… Em momentos como esses, usamos a procrastinação para evitá-los. 

Mas aqui vai a dica, você pode quebrar seu objetivo em tarefas menores, então, você pode até mesmo quebrar essas tarefas, em tarefas ainda mais simples. Assim, seu grande objetivo parecerá mais realista e menos assustador! 

Quando você divide seus objetivos, as coisas ficam mais simples, e você passa a ter menos medo do que lhe espera. 

Sendo assim, da próxima vez que receber uma tarefa aparentemente grande, divida-a em algumas partes mais simples para realizar, e assim, você estará evitando cair no erro de procrastinar. 

 

6. Pare de pensar em quando fazer, simplesmente faça  

Pare de pensar em quando fazer, simplesmente faça 

O planejamento é algo essencial para obtermos sucesso em qualquer coisa que desejamos realizar. No entanto, planejar muito e pensar sobre o que você quer alcançar também pode ter o efeito oposto.  

Muitas vezes, as pessoas começam a esperar pelo momento perfeito, tentam desenvolver um plano ideal, esperam a inspiração ou o momento certo, e todas essas coisas levam a pessoa a procrastinar. 

Claro, um pouco de planejamento nunca machucou ninguém, mas ao invés de esperar, faça logo o que tem que fazer!  

Quando você começa a se mover em direção ao seu objetivo, mesmo que, pouco a pouco, você consegue realizar mais. Então, pare de procrastinar e faça as coisas o quanto antes. 

Se você acredita que precisa de um tempo para planejar a tarefa, defina um período de tempo exato para fazer isso e respeite esse período, sem realizar outras atividades que não ajudam em nada. Terminado esse período, você já pode dar início à realização da tarefa. 

 

7. Tenha uma lista “tenho que” 

Tenha uma lista “tenho que”

Muitas vezes, enquanto estamos trabalhando, nossa mente começa a vagar. Às vezes, os pensamentos começam a aparecer, como, por exemplo “tenho que enviar um e-mail”, “tenho que ligar para aquela pessoa”, “tenho que cancelar aquela reunião”… 

Aqui, a tendência também é a de que percamos o foco e comecemos a procrastinar. Mas há uma maneira muito fácil de resolver esse problema! 

Basta manter um papel por perto, nesse papel sempre que esses pensamentos do tipo “tenho que…” surgirem, anote na lista. E continue concentrado no que você está fazendo. 

Numa das suas pausas, defina o que precisa ser feito na lista. Algumas tarefas são urgentes? Precisam ser feitas hoje? Cabem no planejamento do dia seguinte ou da semana seguinte? 

Quando você se habitua a fazer isso, você diminui o estresse e a ansiedade que são causados pelo medo de esquecermos algo importante. Consequentemente, você evita a procrastinação. 

Escrever uma frase desse tipo vai tomar menos de 10 segundos e, depois disso, você vai poder voltar ao trabalho tranquilo. 

No livro Produtividade para Quem quer tempoGeronimo Theml afirma:  

“O maior ladrão de energia é pensar em algo no momento em que você não pode fazê-lo.”  

Por isso, aprenda a se manter 100% focado no que está fazendo. Sem dúvidas, essa listinha super simples vai te ajudar com isso. 

 

Dica bônus: Use a procrastinação ao seu favor! 

Use a procrastinação ao seu favor

Você sabia que a procrastinação pode ser benéfica? É isso mesmo que você leu. Mas não fique muito animado, isso só acontece num caso bem específico! 

Numa palestra do Ted, o autor, palestrante e professor Adam Grant explica que a procrastinação faz bem à criatividade. 

Isso só acontece, no entanto, quando você sabe o que precisa ser feito. Na maioria das vezes, você até começa a realizar aquela tarefa. E aí, então, você se dedica a outras tarefas. 

Ao fazer isso, aquela tarefa, que você já sabe, exatamente, como precisa ser realizada, fica no fundo da sua mente, incubada. 

Enquanto você se dedica às outras tarefas, isso te permite ter tempo para pensar naquela tarefa importante de forma mais criativa. Muitas vezes, é possível encontrar soluções que você não encontraria se fizesse aquela tarefa logo que você teve o primeiro contato com ela. 

Talvez, pareça um pouco complicado, então deixa eu te dar um exemplo para que você entenda o que quero dizer de forma bem simples.  

Exemplo da Mona Lisa

Exemplo da Mona Lisa

Vamos falar sobre a Mona Lisa, talvez, a obra de arte mais reconhecida no mundo todo. Você faz ideia de quanto tempo Da Vinci demorou para concluí-la? 

Não? Eu te conto! Da Vinci demorou 16 anos para finalizar sua grande obra de arte! Enquanto isso, é claro, ele se dedicou a muitos outros trabalhos que, obviamente, não tiveram tanto sucesso quanto essa obra. 

O que quero ressaltar é o seguinte: a procrastinação é uma grande inimiga da produtividade. No entanto, ela pode ser uma grande amiga da criatividade. 

Portanto, em algumas tarefas, mais criativas e, é claro, se você tiver tempo para isso, aproveite esse benefício incrível da procrastinação. 

A regra é essa: saiba o que você precisa fazer, pense e liste algumas formas de realizar aquela tarefa. E então, tire um tempo para se dedicar, de verdade, a outras coisas. 

O produto final dessa tarefa escolhida conscientemente para usar a procrastinação, pode ser muito melhor do que seria se você não tivesse procrastinado! Incrível, não é mesmo? 

 

Dê adeus à procrastinação e conquiste a vida dos seus sonhos 

Como você viu acima, procrastinar é um dos maiores problemas do homem moderno.  

Olhe em volta… quantas pessoas você conhece que estão pensando, há anos, em criar o próprio negócio? Ou que passam a vida esperando a segunda-feira para começar a dieta? O ano novo para mudar de carreira? 

Como eu disse, se você está procrastinando, você não está apenas perdendo tempo. Você está também adiando os seus sonhos e objetivos! 

Por isso, daqui para frente, aplique as dicas que você aprendeu no artigo de hoje e caminhe, diariamente, na direção desses sonhos e objetivos. 

E se você tem um amigo que é um procrastinador profissional, compartilhe esse artigo para ele nas redes sociais. Sem dúvidas, ele também precisa saber dessas dicas, não é mesmo? 

Como parar de procrastinar e ser definitivamente mais produtivo
5 (100%) 1 avaliação

Participe!